Automação de Marketing . O Marketing Digital mudou a velocidade

Automação de Marketing . O Marketing Digital mudou a velocidade

Organização Web

Organização Web

A Automação de Marketing é um formato de gerenciamento de ações do marketing digital que aplica conceitos do Inbound Marketing de forma automatizada, um exemplo seria enviar um e-mail marketing que impacta exatamente o visitante com conteúdo personalizado, aumentando o engajamento deste lead e futuro cliente.

Não se pode mais perder tempo com a Automação de Marketing, esta tecnologia já é realidade e é necessário ter um projeto implementado corretamente e por quem conhece técnicas de marketing digital. Se deseja converter melhor os seus leads, é quando podemos usar a automação de marketing para não perder estes futuros clientes e tranformá-los em grandes fãs da sua marca.

Uma das técnicas é a utilização da automação de e-mail

roboÉ possível criar uma notificação de vendas por e-mail para um vendedor para entrar em contato com o cliente assim que ele executa uma ação no site o famoso CTA (Call To Action), isto aumenta o contato com o futuro lead no momento certo, e isto pode fazer a diferença.

Por isso a otimização de campanha precisa diminuir as perdas e melhorar a performance de todo o contato com o Marketing. É necessário qualificar os leads, e fazer o monitoramento mais preciso de todas as campanhas e ações da empresa no digital.

 

Quem pode se beneficiar?

Todos os setores e modelos de negócio, B2B, B2C ,B2G , Agencias ,Industrias e Serviços. Enfim, temos diferentes perfis de audiencias, e para isso precisamos de aplicativos para monitorar desde a de entrada até a saida do site. Quando alguém acessa uma página é coletado dados destes leads, e na saída é necessáiro relacionamento após a venda, porque é tudo no digital hoje é personalizável para cada lead, e para este processo existem alguns sistemas como o SharpSpring ou o Hubspot.

Estudos de Casos nos Estados Unidos com o SharpSpring

Foram feitos os monitoramentos e coletados os resultados como segue os exemplos.

Garnet e Gold

Tinham 250 mil e-mails, só que a base estava desatualizada e sem segmentação, eles quiseram promover os campeonatos, e o objetivo era conquistar o engajamento dos torcedores, moldar o perfil mais segmentado daqueles leads baseado nos desejos que cada um tinha.

Através do site da empresa foi mapeado os formulários que vinham antes do processo da compra, e deste modo foi captado todos os dados que foram totalmente segmentados para cada caso. Com este formato foi reduzida a base de e-mails e selecionaram a base depois que o jogo tinha terminado, assim sabiam exatamente qual o interesse nos produtos após o termino de cada  jogo.

A lista foi reduzida de 260 mil para 60 mil e-mails altamente qualificados,  e desta forma foi gerados 92 mil dólares em vendas para o time, esta base foi trabalhada posteriormente  com informações segmentadas.

Portanto eles não gastaram praticamente nada para aumentar a base, somente qualificaram os dados que já tinham.

Fusão da Automação de Marketing Digital

Roofing Co

A empresa estava com problemas com a estagnação de mercado, e tinham uma base de 20 mil leads. Queriam voltar ao relacionamento que eles já tiveram anteriormente, e foi feita uma estratégia de Cross Selling (Uma técnica que tem o objetivo de vender novamente para seu cliente) , a base de e-mails foi segmentada a base de acordo com o tipo de telhado, tempo , telha, enfim tudo que pudesse segmentar este usuário.

Eles enviaram o mailing, fizeram ligações e utilizaram outras técnicas de pós venda para  oferecer os serviços de manutenção e prevenção.

Com o sistema SharpSpring a equipe de venda recebia uma notificação quando o Lead clicava no e-mail marketing, assim eles elaboravam uma estratégia própria para quando houvesse um desastre ou tempestades.

Desta forma a empresa fazia newsletters semanais e tornando um conteúdo interessantes para essa base. E aumentaram 13% os resultados através de automação de marketing, que foi mais focada em pós-venda.

Rootbeer com SharpSpring

A Rootbeer fazia o marketing digital de maneira muito tradicional, sendo assim foi elaborado um novo plano Off Line com On Line para ter uma percepção de como era o consumo de cervejas na Florida, e foi constatado o crescimento através de brindes customizados.

Foi enviado e-mails informando que um pacote ia chegar para a agência de marketing digital primeiramente sem a camiseta, e posteriormente enviamos um novo email que foi enviado para a equipe de vendas com os prospects que visitaram o site.

 

A Rootbeer junto com a SharpSpring criou uma caixa com brindes para as agências de marketing digital, lembrando que na Florida é muito quente. Nesta caixa tinha cervejas da RootBeer e tinha uma informação para ganhar uma camiseta em que a cor que  cliente tivesse preferência, porém com um aviso engraçado para não utilizar a cor laranja que era a cor da principal concorrente da SharpSpring, e uma semana depois a camiseta foi enviada conforme a cor que o cliente desejava, mas com a confirmação dos dados desta agência digital. Desta forma foi feito um trabalho sobre o consumo da cerveja para a Rootbeer e consequentemente um estudo da SharpSpring sobre as agências digitais.

Foram enviados 1419 brindes com o custo de 40 dolares, gastando 57.000 de dólares, mas tendo uma conversão de 22%.

Esta acontecendo uma mudança das agencias de marketing digital, e os clientes podem fazer sites, acompanhar metricas e fazer o que agencias faziam no passado. Portanto precisamos de novos clientes e novos serviços para continuar levando os clientes antigos, e para isso, podemos nos beneficiar destes trabalhos com agencias digitais, relações públicas, enviando releases sobre produtos no target certo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *